Em pouco tempo o WhatsApp se tornou um dos maiores aplicativos em número de usuários. Já são mais de 1 bilhão de pessoas que se conectam diariamente para a troca de imagens, Gifs, áudios e vídeos ou mesmo para um simples bate-papo dentre as mais de 55 bilhões de mensagens compartilhadas por dia.

E não para por aí. Duas funcionalidades mais recentes vieram com força total para facilitar a comunicação entre empresa e clientes: o WhatsApp Web, que possibilita parear o seu celular no computador e a partir dali usar o aplicativo; e o WhatsApp Business, voltado para especificamente o mundo dos negócios. Se você é empreendedor, não pode ficar fora dessa.

Acompanhe algumas dicas para vender no WhatsApp:

  1. Crie um perfil profissional: use o nome da sua empresa, marca ou produto que pretende divulgar. Como imagem de perfil, prefira a sua logomarca, na cor oficial. Caso ainda não tenha, é um bom momento para criar a sua identidade visual. Ela será o seu cartão de visitas virtual, para que quando o cliente visualizar aquela determinada cor ou imagem lembre-se de sua marca, produto ou serviço.

 

  1. Status: você pode escolher uma frase de efeito para ser o slogan da sua marca. Caso já tenha um, verifique se está de acordo com o seu nome, se ele sintetiza a alma da sua empresa, como missão, visão e valores. Algo simples e objetivo.

 

  1. Criar grupos segmentados: a segmentação é um recurso de grande importância para diversas ações de marketing e vendas. Não adianta atirar para todos os lados, é preciso ter foco e saber exatamente a quem você dirige a sua comunicação.

 

  1. Segmentar também evita desperdício de tempo, pois você vai direto ao seu alvo pretendido. Procure traçar uma descrição de quem é o seu público, segmente por idade, gênero, profissão, grau de escolaridade, situação financeira, interesses e qualquer outra informação que seja útil para definir quem é o seu público-alvo.

 

  1. Mantenha prontidão na resposta: não há nada mais deselegante, para não dizer irritante, do que o consumidor perguntar algo e não ter resposta. É de suma importância ter condições de dar atenção ao cliente quando for solicitado. Também não basta ser qualquer resposta como sinal de atenção, é preciso ter compromisso com o que é informado a ele. Se prometer algo, cumpra à risca.

 

  1. Envio de imagens, áudio e vídeo: esses recursos sempre chamam atenção, por isso devem ser utilizados sempre que possível. Capriche na produção, nada de fotos improvisadas, com baixa qualidade ou aqueles vídeos caseiros que podem destruir a sua imagem. No caso da divulgação de produtos, vale a pena investir em um serviço profissional que poderá atribuir qualidade ao que você tem a oferecer.

 

 

Entenda o WhatsApp

o WhatsApp é um ótimo meio para direcionar e atrair clientes. Para começar a vender no WhatsApp, você pode:

 

Ser um Revendedor:

Como revendedor novato, você pode iniciar seu próprio grupo WhatsApp e entrar em contato com seus amigos, familiares e parentes. Entre em contato com aqueles que você conhece como apaixonados por moda e aproveite as compras on-line, pois a compra por meio de um grupo do WhatsApp será atraente para eles.

 

Começar por:

  • Transmita uma mensagem introdutória apresentando o seu empreendimento e informando-o sobre a variedade de produtos.
  • Faça-lhes perguntas básicas. Por exemplo, você compra camiseta da marca ‘Polo’? Onde você compra? A resposta seria qualquer outro portal popular de comércio eletrônico.
  • Como revendedor, em alguns casos, você tem acesso à mesma marca e pode vendê-lo a uma taxa que é 60 a 70% menor do que em qualquer outro portal de comércio eletrônico popular. Isso se torna um ponto positivo. Agora você pode fazer uma captura de tela da comparação de preços entre o seu e outros portais de comércio eletrônico populares. Uma vez que eles vêem uma variação tão grande no preço, seu cliente final pode ser impulsivo e levar à venda imediatamente.
  • Compartilhe os benefícios da política de devolução fácil, bem como uma opção de pagamento em dinheiro na entrega.
  • Pelo melhor preço, você pode começar com preços sem margem.
  • Com preços mais baixos, você venderá mais.
  • Em seguida, você faz com que os membros da sua família sejam administradores.
  • Eles podem adicionar pessoas de sua rede ao grupo.
  • Como uma pessoa conhecida o indicou, as pessoas confiarão em você.

Da mesma forma, você pode entrar em contato com seus amigos da escola e criar um grupo separado. Faça o mesmo para grupos de escritório.

A chave é transmitir mensagens diariamente, ou seja, compartilhar uma variedade diferente de produtos. Sempre alimentando seu público e mantendo eles perto de você. Mas lembre-se, que alimentar o público não é sufocar eles com milhares de ofertas e promoções. Tenha calma.

Não se preocupe também em iniciar um grupo com apenas 10 ou 20 ou mesmo que seja 5 pessoas. O primeiro a acreditar em seu negócio PRECISA ser você, por isso, pare de arrumar desculpas.

Só há uma forma de começar a vender no whatsapp, vendendo. Talvez você realmente não consiga vender através do whatsapp, mas isso não significa que você é um vendedor ruim ou que sua abordagem é ruim. Tudo vai depender de como você faz.

 

2 off-line:

Como um novo revendedor, você pode se conectar com pessoas em sua sociedade ou vizinhança, donas de casa que administram um negócio em casa ou boutiques de sua casa.

Além disso, você pode pensar em se conectar com diferentes varejistas de roupas étnicas locais em sua área. Inclua aqueles que vendem acessórios, jóias e bolsas também. Claro, não se esqueça que a venda de produtos digitais através do WhatsApp também é muito rentável. Como revendedor, você pode se tornar seu fornecedor e vender seus produtos para sua base de clientes.

Para começar, você pode se conectar com eles por meio de uma ligação ou conhecê-los pessoalmente. Assim que chegar a um acordo, você pode começar a compartilhar o catálogo via WhatsApp. Esses varejistas e donas de casa farão as vendas acontecerem para você.

 

Promoção no WhatsApp:

  • Para fazer vendas via WhatsApp, você pode usar o recurso de transmissão para promover novos catálogos e produtos para sua rede.
  • Faça listas segregadas de compradores e não compradores. Certifique-se de não compartilhar os mesmos produtos. Você também pode fazer uma lista de pessoas, dependendo de seus interesses em produtos.
  • Anote as pessoas que são compradores regulares, bem como clientes em potencial que não compraram nada.
  • Outra maneira eficiente de chegar é através do recurso Story (status) do WhatsApp, no qual eles tendem a carregar os catálogos. Esse recurso é impactante.

Por favor note: WhatsApp tem um limite máximo de 256 membros. Nesse caso, você pode criar vários grupos diferentes. Além disso, você precisa ser super ativo para manter sua base de clientes envolvida.

Mas não pare apenas no WhatsApp! O Facebook e o Instagram são ótimos meios para exibir novos catálogos de produtos e também para atender clientes em potencial.

Desenvolva um trabalho profissional, muitos possuem boas ideias, porém, não sabem colocar elas em prática. Não fique com as ideias fixas de “Já está bom assim”; “Não consigo fazer melhor”; “Esse é o meu melhor”.

Entenda que seu cliente não se importa com o fato de você dar ou não o seu melhor, ele quer um produto ou serviço que satisfaça ele. E para que isso aconteça o seu trabalho como vendedor precisa ser um trabalho profissional.

 

Crie Processos

Existem inúmeras formas de capturar e direcionar público para o whatsapp, existem diversas formas de abordar o seu público. E como saber a melhor forma para o meu modelo de negócio?

A real questão é que não existe uma formula mágica, um jeito que você deve fazer ou não fazer. Porque você está lidando com pessoas, e pessoas são diferentes. Alguns gostam de uma forma, outros de outra forma.

Por isso, você precisa criar processos, e quando me refiro a processos estou falando à formas de executar uma determinada tarefa. Crie processos para capturar seus clientes, crie processos para alimentar eles, crie processo para falar com eles.

Tome cuidado para não deixar tudo isso no automático e executar como um robô. Lembre-se que são pessoas.

Mas os processos irão ajudar você tanto na produtividade como também vai ajudar você a encontrar a melhor forma de lidar com o seu público.

O segredo da criação de processos, é criar eles, acredite em você. Mesmo não conhecendo você, tenho certeza que é uma grande pessoa, que possui ótimos valores e que sonha muito.

Acredite nesses sonhos, acredite em suas ambições e em seus insights. Mas claro, sempre seja realista consigo mesmo.

 

Em resumo…

Digamos que você opere uma empresa de varejo de pequeno ou médio porte. Você quer vender seus produtos on-line, mas você não tem bolsos profundos, nem tem um bom entendimento sobre a construção de sites. O que você tem, no entanto, é um smartphone, uma conexão de dados, WhatsApp e uma conta no Instagram. Em outras palavras, todas as partes necessárias para criar uma loja online básica.

Normalmente, a criação de uma loja de comércio eletrônico não é tão fácil quanto alguns afirmam . É um processo multipartes envolvendo coordenação cuidadosa de várias partes móveis: escolhendo e instalando o software correto; descobrir sua hospedagem; projetar sua vitrine; catalogar seu inventário; integrando seu gateway de pagamento; onboarding seus clientes; lidar com retornos e reembolsos – a lista continua. Claro, nada disso é intransponível, no entanto, é preciso um investimento significativo em tempo e energia.

 

Se este não é o seu primeiro rodeio de e-commerce, então tudo isso pode parecer fácil, mas se você é novo no e-commerce, você pode querer considerar algo um pouco mais fácil. Primeiro, vamos usar o WhatsApp – o serviço de mensagens que está alimentando uma grande mudança na forma como as empresas se comunicam com seus clientes.

Pense nisso, você provavelmente usa o WhatsApp várias vezes ao dia para se conectar com amigos e familiares. Você provavelmente também acha isso mais intuitivo do que outros aplicativos de mensagens e, praticamente todos que você conhece têm. Ao mesmo tempo, eu suspeito que você também o use para criar grupos privados para conversar, bem, coisas privadas – tudo com segurança, é claro. All-in, é a plataforma perfeita para se conectar um a um com seus clientes também.

Em seguida, considere o Instagram – o fenômeno global do aplicativo de fotos que permite capturar e compartilhar sua vida em imagens. Uma das melhores coisas sobre o Instagram é a simplicidade – baixe o aplicativo; encontre alguns amigos para seguir; Tire algumas fotos; compartilhe-os com sua rede – simples. O Instagram também faz um belo trabalho ao exibir suas fotos em um layout de grade ou de rolagem fácil de visualizar. Não há uma configuração complicada e, adivinhe, a maioria dos seus clientes já a instalou.

Se você colocar esses dois produtos juntos, o que você tem é o resultado de uma simples loja de comércio eletrônico. Seus clientes podem ver seus produtos no Instagram e você pode organizar a entrega, a entrega e até mesmo o retorno através do WhatsApp. Além disso, você pode coordenar pagamentos por meio de transferência eletrônica ou, se tiver a capacidade de aceitar cartões de crédito ou débito, também poderá administrá-los com segurança no serviço de mensagens.

A beleza de tudo isso é que não há necessidade de pagar por software de terceiros ou instalar nada – basta listar o número do WhatsApp no ​​seu perfil junto com as instruções em cada postagem e os clientes entrarão em contato. Como uma ferramenta transacional, é brilhante porque é simples. Então, o que você está esperando? Inicie sua loja de comércio eletrônico Instagram hoje mesmo.

 

Conclusão

Outras dicas úteis: ao mesmo passo em que é importante estabelecer comunicação, não se deve jamais abusar da facilidade de contato e acabar incomodando seus clientes com o envio de mensagens ou conteúdos em excesso.

Você pode e deve fazer testes para verificar qual o melhor horário para o envio, qual a quantidade ideal por período, se por dia, semana, a cada quinze dias ou por mês, e ainda checar se as mensagens são de fato lidas. De cara já alertamos para o perigo de se tornar um incômodo ao enviar mensagens fora do horário comercial e dias específicos, como feriados ou finais de semana.

Estude sua clientela para descobrir o que melhor funciona. Caso tenha uma lista e E-mail, que tal contatá-la e começar sua pesquisa por aí? Como tudo o que é novo, vai ser testando que você fará grandes descobertas.