FRANQUIA STARBUCKS: COMO É E QUANTO CUSTA PARA ABRIR NO BRASIL

Afinal, como funciona o modelo de franquias starbucks? Quanto custa abrir uma franquia starbucks no Brasil? Antes de tudo você precisa entender que a franquia starbucks não é um modelo de franquia! Ou seja, para abri você precisa se tornar um lojista starbucks, que possui muitas limitados e custos altos em relação à outros tipos de negócios com modelo de franquia.

COMO SER UM LOJISTA STARBUCKS

A franquia Starbucks é uma existência que chegou aos poucos. A cafeteria nasceu em 1971, graças aos professores Jerry Baldwin e Zev Siegel, e ao redator Gordon Bowker, porém sua expansão e sucesso se dá pelo norte-americano Howard Schultz , que em 1987 voltou a marca, da qual era CEO, e comprou a Starbucks.

Na época, a cafeteria nasceu somente para suscitar ao consumidor um lugar aconchegante no qual ele pudesse abancar e ingerir um café em Seattle. Seu nome, até mesmo, foi influenciado em uma magistral bastante conhecida pelos norte-americanos, Moby Dick, o que aumentou e bastante a afeição de uma marca pioneira, na época. Porém se engana quem acredita somente que a Starbucks vende cafés expressos.

A empresa comercializa similarmente uma qualidade e serviço já conhecidos por todo o mundo, na qual seu consumidor possui admissão a uma série de vantagens ao adquirir um café, como abancar em um local quieto e agasalhado para, até mesmo, trabalhar por algumas horas.

A empresa similarmente se especializou na distribuição de bebidas que cria base de café, nata ou chocolate e que, por causa disso, atende a cada dia uma série maior de consumidores ávidos pela bebida de qualidade, seja ela um café ligeiro, um chá, chocolate quente, frapuccino ou até mesmo um suco detox. Tudo com a marca e qualidade Starbucks.

Porém a marca não trabalha com franquias e, por causa disso, se você pretende ser patrão de uma empresa Starbucks precisa adquirir o nome da marca e encher sua empresa por conta própria, sem treinamento ou ajuda da marca peculiar.

PASSOS PARA ABRIR UMA STARBUCKS

O primeiro passo para as pessoas que quer possuir uma empresa Starbucks é saber adotar um bom ponto, para isto pesquise o mercado.

Opte por local no qual o movimento de indivíduos seja intensivo. Dê preferências por shoppings, aeroportos, hospitais e, até mesmo, hotéis.

Em seguida, escolha um local natural no qual você pode unir produtos vistos em todas as lojas Starbucks espalhadas pelo mundo, como sofás, mesas, material em madeiro clara e um balcão para o café.

É fundamental, também, que você lembre-se que o cliente Starbucks já entra em uma empresa com uma ideia que indagação, por causa disso é necessário exercitar seu empregado para que ele possa proporcionar o mesmo serviço que as outras lojas Starbucks.

Tenha em mente similarmente que a internet wi-fi gratuita é uma marca da Starbucks por todo o mundo e você necessita conceder o serviço, do mesmo jeito que tomadas e mesas para apoios de notebooks e celulares.

O sistema de cartões da Starbucks similarmente é outra marca da empresa que precisa ser levada em conta, afinal de contas, é corriqueiro que o cliente associe que em uma empresa da Starbucks o papelão da marca seja comum.

Hoje, a Starbucks conta com mais de 15 mil lojas espalhadas em mais de 50 países, um feito inédito para qualquer marca.

Além do mais, em uma Starbucks é possível vender artigos adicionais como livros, pão de queijo, muffin, xícaras, copos, cafés e até mesmo sorvetes.

A STARBUCKS NÃO POSSUI FRANQUIAS

Iniciar uma franquia Starbucks não é possível visto que a empresa não opera com este sistema. Porém é possível abrir uma empresa, adquirir os direitos de utilizar a marca e ter a sua Starbucks por todo o Brasil. Porém o investidor precisa ter bastante cautela ao optar por esse modelo de negócio.

O que vai é que a Starbuck vende somente o direito de se abrir uma cafeteria com seu nome, e o agregado preço por causa disso porém não é um franqueado. Logo, não há todo o ajuda que a maior parte das marcas dá como esteio por ambição próprio que a empresa não chegue a insolvência. O lojista terá direito às receitas, a saber o sistema visitando uma empresa ou a clichê nos Estados Unidos, e será capaz de abrir sua empresa como querer.

Isto é bom? Efetivamente, em parte. O investidor possui todo o direito de fantasiar sua melhor maneira de utilizar o espaço e será capaz de ou não seguir as regras da primeira, porém com alguns extremos. O café, tendo como exemplo, precisa ser o mesmo, porém os funcionários não precisam reparar da mesma maneira, não é necessário também ter o mesmo forma de cátedra. Essas aberturas não possíveis em uma franquia Mc Donald ou Bob´s, tendo como exemplo, no qual é necessário que todos os restaurantes sejam iguaizinhos, uma vez que o padrão da marca necessita de.

POR QUE TER A EMPRESA APROXIMADO SE NÃO É UMA FRANQUIA?

Há uma propensão dos associados e investidores de seguir o modelo peculiar. De nada adianta partir para o seu modo, uma vez que a costume que conhece a marca pode sentir a diferença e não optar pelo produto visto que acredita que não é peculiar. Eles não sabem que se trata de uma liberdade da marca para os seus associados, e não entendem que não é necessário ter um padrão.

Quem vai em procura da marca pode ficar obscuro com tantas mudanças de empresa para empresa. Os investidores mais antigos, então, indicam imitar o modelo da empresa peculiar o máximo possível.

Alguns itens e serviços da empresa são recomendados serem mantidos visto que fazem sucesso no mundo todo, como o café gelado, gelado de café e o papelão precisão, dando descontos aos clientes que voltam algumas vezes e brindes após pela certa porção de pontos alcançados.

PRÓS E CONTRAS FRANQUIA STARBUCKS

Há vários pontos positivos e alguns pontos negativos ao conferir em uma Starbucks . Um dos pontos positivos é que a marca não necessita de superioridade nas lojas em correlação ao modelo, por causa disso dá para adir mais itens, como lanches e bebidas, e ressurgir o ponto comercial mais incentivo e ineficaz.

O ponto ineficaz é que a marca não dá esteio. O investidor, então, necessita fazer suas próprias campanhas de marketing para seduzir clientes e fantasiar um pesquisa de localização, do melhor espaço e esperar realizar sucesso.

Caso tenha ficado interessado em abrir uma StarBucks ou queira saber mais sobre, é apenas entrar no site da empresa http://www.starbucks.com.br/ e entrar em contato com a mesma.

QUANTO CUSTA UMA FRANQUIA STARBUCKS?

A Starbucks nunca liberou oficialmente quanto custa uma franquia starbucks mas segundo os dados do website inglês (http://starbucks.co.uk) nossa equipe encontrou os seguintes dados:

Para abrir uma franquia, você precisa para viver no Reino Unido e ter pelo menos £ 500.000 em ativos líquidos.

1. Você precisa ter experiência como empresário no ramo de alimentação com pelo menos um nível de gestão (que um custa anos de sua vida. Então, digamos £ 40.000 por ano como gerente em uma empresa de alimentos e bebidas de tamanho médio é igual a £ 120.000 adicionado ao custo. ) estavam agora em £ 620.000

2. Em seguida, você tem que abrir pelo menos 20 lojas em 5 anos o que significa 4 por ano ou £ 2.000.000 que traz a nossa total entre £ 2,100,000 e £ 2.600.000

3. Estes não incluem os custos associados à movimentação de onde se encontra para o Reino Unido para ter uma chance de estabelecer uma franquia.

Ou seja, convertendo estes valores em real, as franquias starbucks ficam caríssimas e totalmente fora de cogitação para investidores aventureiros.

 

PREÇOS DE FRANQUIAS DE CAFETERIA NO BRASIL

Segundo a Revista EXAME, estes são os preços e os dados referentes a outros tipos de franquias de Cafeteria no Brasil. Estes preços podem nos dar uma ideia do quanto custa uma franquia starbucks e se este tipo de investimento vale a pena!

Veja o investimento necessário e o retorno previsto para franquias das quatro principais redes de cafeteria em São Paulo (em reais)
Casa do Pão de queijo
Café do Ponto
Café Pelé
Fran´s
Nº de lojas Grande SP/Brasil
151/340
65/100
52/86
47/65
Taxa
de franquia
até
35000
12000
15000
31500
Investimento
inicial
60000
100000 a
150000
60000 a
100000
95000 a
120000
Royalties/mês
3%
2%
5%
6%
Taxa
de propaganda/mês
3%
1%
1%
2%
Metragem
do ponto
12
a 100m²
15
a 30m²
12
a 16m²
80
a 200m²
Funcionários
4
a 8
6
a 12
5
12
Faturamento/mês
25000
40000
20000
20000 a
100000
Rentabilidade
15%
a 20%
20%
20%
a 25%
18%
Retorno
sobre o investimento
18
a 40 meses
24
meses
24
meses
20
a 36 meses
Diferenças entre e-mail Marketing e Newsletter Institucional

Diferenças entre e-mail Marketing e Newsletter Institucional

Em nossos contatos com diversos empresários e pessoas responsáveis pela área de Marketing de algumas empresas, quando estou abordando os mesmos sobre os benefícios de uma Newsletter Institucional, em muitos casos há uma confusão sobre o serviço que estamos oferecendo e que, de fato, agrega valor ao negócio e o simples serviço de disparo de um e-mail Marketing.

Diante dessa confusão, me senti motivado a escrever este texto para tentar esclarecer as diferenças entre as duas atividades. É verdade que ambas enviam informações sobre as empresas para um banco de e-mail, mas a comparação para por aí. Veja por que:

Primeira grande diferença: O e-mail Marketing é apenas um panfleto virtual que é despachado para o banco de e-mails enquanto que Newsletter Institucional leva conteúdo Jornalístico sobre sua empresa para o e-mail das pessoas.

Em outras palavras, um panfleto não transmite conteúdo útil para o seu leitor, ele simplesmente chega ao e-mail das pessoas transmitindo uma imagem, uma promoção ou (em algumas vezes) um lançamento de um produto.

Já uma Newsletter Institucional ela conta uma história da tua empresa, gerando assim conhecimento acerca do que ela faz, que tipo de serviço presta, esclarecendo e levando o teu cliente a saber mais sobre a tua marca. Pode, inclusive, ser usado para fazer o lançamento de produtos, promoções e com um apelo visual muito grande e neste caso a eficiência é ainda maior. 

Veja um exemplo uma das Newsletter´s da RedePetro Pernambuco (RPNEWS) clicando no link: http://goo.gl/RnkY1c – Observe que além de ter conteúdo útil para os seus leitores, a RPNEWS leva informações sobre as empresas que são associadas. Uma excelente estratégia!

Uma outra diferença é que um e-mail marketing pode ser classificado facilmente como um SPAM. Não só porque a pessoa que já comprou teu produto algum dia pode achar que você está mandando “propaganda não solicitada para o e-mail dela” mas também porque os diversos serviços de leitura de e-mails como o GMAIL, YAHOO, HOTMAIL, etc tendem a classificar como propaganda aqueles e-mails que têm apenas uma imagem e não leva conteúdo textual.

Por outro lado, se a pessoa comprou algum produto ou serviço da tua empresa ou visitou seu stand em uma feira, evento, ação de marketing, etc.  e a partir daí você inseriu o e-mail deste indivíduo para receber tua Newsletter Institucional, pode ter certeza que ela vai gostar de saber mais informações sobre a evolução da tua empresa, gerando assim conhecimento sobre tua marca.

E ainda mais, se você seguir a cartilha “como manda o figurino”, deve rechear a tua News com assuntos que sejam de interesse de teu cliente, ele vai considerar o teu jornal virtual um serviço útil e poderá até compartilhar com outras pessoas, gerando assim mais leads para o seu negócio.

Veja outro excelente exemplo de Newsletter acessando o boletim InformAr Condicionado da Soclima Engenharia. Clique no link: http://goo.gl/jE5ib3 – Note bem que a empresa que é especializada em Salas Limpas e Sistemas de Ar Condicionado transforma atividades rotineiras da empresa em informações uteis para seus clientes, parceiros e amigos.

Existem diversas outras diferenças que irei abordar em um outro artigo mas estes dois exemplos deve já ter deixado claro na sua mente as diferenças básicas entre o um simples e-mail marketing e um Newsletter Institucional.

Espero ter ajudado e colocamo-nos à disposição para pensar a sua comunicação empresarial como o centro das suas atividades, gerando um conhecimento de sua marca com clareza e acompanhando as tendências do Marketing de Conteúdo.

Por Ronaldo Barros, Diretor de Marketing e Vendas do PortaldoLocador.com – Leia mais sobre Newsletters em: blog.portaldolocador.com/ronaldobarros

Serviço:

Fones: (81) 3023-7171 ou (81) 99312-2709

São Paulo: (11) ‪98141‑9381

e-Mail: contato@portaldolocador.com

www.PortaldoLocador.com/servicos

 

Cartões de Crédito com Anuidade Gratuita

Cartões de Crédito com Anuidade Gratuita

Um grande incômodo para quem utiliza com frequência o cartão de crédito são as temidas taxas de anuidades, que a cada ano aumentam. Essas taxas são bem salgadas e muitas vezes aplicadas pelos bancos acima do valor permitido por lei.

Os cartões são extremamente práticos e nos dias de hoje quase indispensáveis para nós, por isso acabamos aceitando essas taxas aplicadas descabidamente pelo banco.

Mas agora é possível possuir um cartão de crédito e fugir da anuidade, já que algumas empresas já oferecem esse tipo de serviço.

Antes de procurar um cartão sem anuidades, você deve ficar atento e conhecer seus direitos:

– A anuidade só poderá ser cobrada a partir da data do desbloqueio do cartão;

– Caso o cliente solicite um cartão adicional ele pode estar sujeito a uma cobrança extra de anuidade;

– Se houver o cancelamento e o cliente tiver pago anuidade antecipada, ele tem direito ao reembolso referente ao período que não foi utilizado;

– Além disso, as anuidades são negociadas de acordo com os gerentes e “a cara do freguês”, então tente negociar a redução da taxa no banco.

Qualquer um dos cartões citados abaixo exige renda comprovada e nome limpo para contratação. Veja como consultar seu CPF no SPC antes de solicitar qualquer um dos cartões de crédito.

 

Cartão sem anuidade Petrobrás

O cartão de crédito Petrobrás oferece a anuidade gratuita sem nenhum adendo. Ele é internacional, não possui taxa de adesão, tarifas de extrato e tarifas de manutenção. Além disso, possui um programa de pontos que transforma compras em milhas e descontos na fatura.

Cartão sem anuidade Nubank

Outro cartão sem anuidade que faz muito sucesso entre os jovens é o Nubank, isso porque ele pode ser totalmente controlado por um aplicativo no celular. Ele oferece assistência médica, seguro grátis de aluguel de carro, seguro e proteção em viagens, saque de emergência, programa ‘Mastercard Supreenda’ e proteção de preços e de compras.

Cartão sem anuidade Hipercard

Já o Hipercard é o preferido pelos frequentadores das grandes redes de supermercados, já que ele é o cartão oficial das redes Walmart, Bom Preço e Big e não possui anuidade. Além dessas vantagens, você ainda pode consulta seu saldo e emitir a segunda via da fatura Hipercard pela internet.

Esses cartões podem ser feitos através de seus sites.

[nome]
[nome]
[email]
[email]
[submit]
[submit]
[submit]
[submit]
[formId]
[formId]
[return]
[return]
[formName]
[formName]