Quero revender roupas: passo a passo para começar

Algumas pessoas dizem: “Quero revender roupas e ter meu próprio negócio”, e começam a procurar formas de realizar esse desejo de ter autonomia para trabalhar.

Diferentes de outros negócios, revender roupas requer uma certa disposição, já que é preciso ir a vários fornecedores diferentes, tanto fisicamente quanto pela internet, já que muitas fábricas vendem seus produtos online.

Umas das vantagens desse negócio é justamente poder fazer compras pela internet e receber em casa, isso economiza um bom tempo que seria despendido indo de loja em loja para comprar diversos produtos, e ainda ter que ficar carregando o peso das sacolas.

Atualmente a maioria das indústrias de roupas faz vendas para sacoleiras e revendedores a preços bem convidativos, que oferecem a possibilidade de lucros altos com o repasse para o consumidor final.

Pesquise sobre fornecedores, pergunte a outros revendedores sobre novas fábricas e visite na internet os feirões de fábrica que costumam vender peças boas a preços baixos.

Certifique-se das formas de pagamento oferecidas, sistema de trocas de peças, quantidade mínima para efetuar a primeira compra e quantidade para caracterizar compra no atacado. Faça essa pesquisa com vários fornecedores e vá pontuando cada um para, no final, saber quais os que oferecem as melhores condições e produtos.

Quero revender roupas direto da fábrica

Para começar a revender roupas, direto da fábrica, você precisará visitar locais de vendas, como por exemplo, a região do Brás em São Paulo. É a maior concentração de lojas de fábrica vendendo a preços de atacado para sacoleiras e revendedores.

Algumas lojas da região possuem lojas virtuais, mas é interessante ir pessoalmente para conseguir peças diferenciadas que podem não estar cadastradas na venda virtual. As lojas da região são bem conhecidas e algumas trabalham com segunda linha de marcas famosas como C&A, Chocolate e Cavalera. Geralmente as peças dessas marcas estão sem as etiquetas, mas o que vale é a qualidade e design das roupas.

Procure comprar peças atemporais para não ter perigo de encalhe. Peças mais específicas e de cores exóticas devem ser compradas apenas para atender encomendas. Fique por dentro das tendências da próxima estação e procure ter peças que sejam da moda e de fácil aceitação pelos clientes.

Promova tardes de compras na sua casa ou, em casa de amigas para reunir possíveis compradores e faça também divulgação dos seus produtos nas redes sociais, que são uma ótima forma de atrair clientes novos para aumentar as vendas.

Como ser revendedora Avon: passo a passo

Já cogitou a ideia de saber como ser uma revendedora Avon ? Caso esteja avaliando essa possibilidade de trabalho, leia esse artigo até o final para saber tudo sobre essa atividade.

Como muitas empresas grandes de vários segmentos, a Avon é uma das líderes do mercado de cosméticos que trabalha com o sistema de vendas porta a porta. Ou seja, revendedoras que visitam os clientes com catálogos e que entregam os produtos manualmente.

Com as novas facilidades tecnológicas apesar da revenda ser feita fisicamente, as revendedoras podem usar o perfil nas redes sociais para divulgar seu negócio. A principal restrição desse tipo de revenda é que o público alvo é aquele do entorno físico da revendedora.

Passo a passo para ser revendedora Avon

Para ser uma revendedora dos produtos Avon é preciso ser maior de 18 anos ou ter a emancipação reconhecida judicialmente. Veja os passos a seguir:

1 – Cadastramento

Entre no site , clique em “cadastre-se” e preencha todo o formulário deixando-o para aprovação.

2 – Comprovação

Envie a documentação solicitada, RG, CPF regular (sem restrições no nome), comprovante de residência, proposta da Avon aprovada (a que você preencheu no passo 1). A Avon é bem flexível com as restrições do CPF, tente o cadastro mesmo que tenha problemas.

3 – Escolha seu kit de revenda

A Avon possui três kits para as revendedoras começarem no negócio (investimento):

Kit 1: R$ 169,99 (revenda por R$ 300,89 – lucro de R$ 130,90)

Kit 2: R$ 169,99 (revenda por R$ 313,76 – lucro de R$ 143,77)

Kit 3: R$ 199,99 (revenda por R$ 418,17 – lucro de R$ 218,18)

O valor do kit escolhido será colocado no primeiro pedido da revendedora e contém além de produtos específicos, amostras dos perfumes, uma bolsa da empresa e material promocional.

Após efetuar seu cadastro e escolher seu kit, a ficha passará por um processo de avaliação pela Avon, a empresa envia e-mail a cada etapa concluída até aprovar phentermine definitivamente o cadastro. A caixa com produtos, (kit), será enviada apenas se a proposta for aprovada. Todos os documentos solicitados têm que estar em nome da futura revendedora.

Além de poder lucrar com a revenda dos produtos a Avon oferece muitos programas de incentivo ao longo do ano, possibilitando a revendedora ganhar prêmios por indicação de novas revendedoras ou revendendo produtos apoiados.

São realizadas reuniões de negócios, a cada nova campanha, e existe valor mínimo e máximo para fechamento de pedidos, não é obrigatório vender em todas as campanhas havendo algumas restrições quando isso acontece.

5 dicas de produtos para revender

produtos-para-revenderEncontrar bons produtos para revender é uma forma de potencializar os negócios, trabalhando sempre com foco em aumentar vendas e ter liberdade financeira.

De uns tempos para cá, o empreendedorismo cresceu bastante, seja por iniciativa ou por necessidade, e surgem todos dias novos negócios como blogs e lojas virtuais. As redes sociais ajudam a promover produtos de muitas formas, facilitando encontrar potenciais clientes a quem oferecer.

Antes de pensar em trabalhar com revenda de produtos, encontre um nicho onde haja pouca concorrência para não ter frustrações e, principalmente, não ficar com estoque encalhado. Se optar pela revenda de produtos físicos prepare um bom plano logístico para não deixar os clientes na mão na hora da entrega.

Produtos para revender no mercado livre

O Mercado Livre é uma plataforma de negócios que faz a intermediação entre vendedores e compradores. É possível encontrar produtos de toda espécie e para todos os gostos. Cadastrar-se e ter uma loja lá é bem fácil e gratuito, você só paga se fizer vendas.Watch Full Movie Online Streaming Online and Download

Caso esteja pensando em abrir uma loja por lá, damos 5 dicas de produtos que pode oferecer.

1 – Roupas de marca

Muitas pessoas vendem roupas de marcas famosas no Mercado Livre e obtém um bom lucro. Essas roupas costumam vir de outros países e muitos lojistas trabalham com o esquema drop shipping que é quando você não tem a mercadoria mas faz a venda e o cliente espera o produto chegar do exterior. Existem cursos que ensinam a fazer importações dos EUA e China com segurança.

2 – Sapatos e bolsas

Da mesma forma que as roupas, é possível importar também sapatos e bolsas. Existe uma procura grande, principalmente pelas mulheres, por esse produtos que viraram uma febre na internet.

3 – Capas para celular

É possível também importar capas para celulares e smartphones, os preços por lote são bem reduzidos e é possível conseguir um bom lucro revendendo esses produtos.

4 – Cosméticos e produtos para cabelo

As melhores marcas para cosméticos e produtos para cabelo são as internacionais, aprenda importar esses produtos e descubra uma mina de ouro com lucros na casa dos 200% em shampoos e maquiagens.

5 – Suplementos alimentares

O pessoal que faz exercícios para definir a musculatura costuma consumir produtos suplementares específicos. É um bom nicho que também oferece ótimas margens de lucro.

Para trabalhar no Mercado Livre o ideal é ter o produto em mãos para envio imediato, se escolher trabalhar por drop shipping deixe claro, em seu anúncio, que os produtos demorarão em média 45 dias para chegar ao cliente.

Como montar uma creche

como-montar-uma-creche

Com a maior demanda de mães que trabalham, conhecer como montar uma creche pode ajudar a tomar a decisão de entrar nesse ramo de negócio dentro do nicho educacional.

Atualmente é comum, em uma família, a mãe trabalhar em tempo integral. Quando o casal não encontra babás de confiança, ou não possuem recursos suficientes para ter esse serviço, a saída é colocar as crianças em uma creche.

Para o empreendedor que tem ligação com o ramo educacional montar uma creche é uma forma de ajudar a suprir a demanda crescente que está carente desse segmento na sociedade.

Apesar de ser um negócio, as instituições educacionais estão sujeitas a toda a legislação federal e devem ser registradas no Ministério da Educação, exigências essas primordiais para poderem entrar em funcionamento.

Como montar uma creche infantil

A legislação prevê que instituições de ensino para crianças de até 3 anos também se enquadram nas obrigações referentes à educação de base do país. Ou seja, o ambiente é particular para a regulamentação é toda Federal e também passa por trâmites no Estado e prefeitura.

A primeira exigência legal é que o diretor da instituição deve possuir diploma de Pedagogia e ser formado em Administração de Instituições Escolares. A empresa deve existir contabilmente e possuir todos os registros de qualquer outro estabelecimento, para isso é aconselhável contratar um contador.

O local onde será instalada a creche deve obedecer algumas normas básicas de segurança e possuir relatórios aprovados de vistoria do corpo de bombeiros e da vigilância sanitária no que diz respeito a proteção da saúde dos ocupantes do local.

Para obter a licença de funcionamento é preciso entregar, no Ministério da Educação, um documento próprio contendo o plano de ensino pretendido, para ver se atende o básico exigido para a formação educacional e cognitiva das crianças atendidas.Watch Full Movie Streaming Online and Download

O pessoal contratado para trabalhar com as crianças, deve ter no mínimo, a formação técnica em auxiliar de Educação Infantil. O corpo docente deve ser todo licenciado em Ciências Sociais e Humanas ou outras áreas das Ciências da Educação.

Além do pessoal responsável diretamente pela educação infantil, uma creche deve contar ainda com os seguintes profissionais: médico pediatra, técnico ou auxiliar de enfermagem, nutricionista, recreadores (ensino médio completo e formação em cursos específicos da área), auxiliares (estagiários de pedagogia), merendeiras e auxiliares de serviços gerais.

Esses são os requisitos básicos de como montar uma creche infantil, é preciso também ter um prédio com instalações amplas e confortáveis para o desenvolvimento das atividades que ajudarão no crescimento educacional das crianças atendidas.

Produtos mais vendidos na internet: sucessos de venda no Brasil e nos Estados Unidos

Saber quais são os produtos mais vendidos na internet é uma ótima forma para planejar corretamente seu negócio virtual. Você pode querer entrar em um nicho concorrido ou, poderá criar um diferencial trabalhando com um mercado menos concorrido.

Para todos os empreendedores que possuem negócios online e trabalham com o mercado de afiliados, descobrir novos segmentos de mercado para fugir um pouco da concorrência é uma estratégia para aumentar as vendas.

Com o crescimento do e-commerce, cada vez mais surgem lojas virtuais que comercializam os mais diversos tipos de produtos. Os cursos online sobre importação sem dificuldades abriram a possibilidade de adquirir produtos de qualidade a preços baixos e que possuem muita procura no mercado nacional.Movie Rings (2017)

Mesmo com toda concorrência, sabemos que o diferencial no sucesso de um negócio é a estratégia de divulgação, promovendo corretamente sua loja virtual, é possível abocanhar uma parte do mercado mesmo que ele seja competitivo. A regra de ouro dos grandes empreendedores diz que não existe concorrência.

Para ajudar com o estudo de alguns nichos de mercado, colocamos abaixo 5 produtos mais vendidos na internet. Cabe a você decidir se quer tentar trabalhar com algum desses mercados.

Produtos mais vendidos na internet – 2015

Acessórios para carros

Nosso país é aficionado em automóveis, por isso existe muito volume de busca para produtos como auto falantes, luzes, cadeirinhas para crianças e outros acessórios. Pode ser uma boa idéia ter um e-commerce voltado para esse nicho.

Roupas e acessórios

Conhecendo bem onde comprar produtos de qualidade, os produtos relativos a vestuário e acessórios como bolsas e calçados tem um ótimo volume de vendas. A lucratividade pode ser atrativa levando-se em conta a possibilidade de comprar no atacado a preços mais baixos.

Beleza e saúde

Um dos nichos de melhor desenvolvimento para vendas online e o segundo maior nicho global, depois de alimentação, cuidar da saúde virou moda e todo mundo procura sempre uma forma de manter a beleza em dia. Os maiores volumes de vendas fiquem por conta dos produtos estéticos como cremes, maquiagens e produtos para cabelo.

Smartphones

Quando se trata de tecnologia as pessoas querem possuir o que tem de mais moderno. Nessa onda, smartphones e celulares são os produtos que mais se vendem na internet.

Fitness

Bem perto do nicho de saúde, os produtos voltados para quem pratica exercícios são bem procurados e rendem bom volume de vendas. A comercialização de suplementos alimentares é um exemplo desse nicho.

Saber quais os produtos mais vendidos na internet dará uma perspectiva de qual segmento investir na hora de abrir um negócio de e-commerce.

[nome]
[nome]
[email]
[email]
[submit]
[submit]
[submit]
[submit]
[formId]
[formId]
[return]
[return]
[formName]
[formName]