Qual é a diferença entre coaching e mentoring?

O artigo de hoje é de autoria do autor convidado André Tavares, do portal http://cursodecoaching.net.

Várias empresas têm utilizado ferramentas de coaching e mentoring para desenvolver em seus profissionais a aptidão para diferentes tipos de funções, aplicando através desses métodos o incentivo a atividades diversificadas, e outros serviços relacionados.

Além de desenvolver o potencial produtivo em sua empresa, o empreendedor que conta com métodos coaching e mentoring ajuda a ampliar a dinâmica da empresa.

Mesmo sendo métodos diferentes, ambos prometem expandir o potencial do profissional, desenvolvendo suas habilidades e melhorando seu desempenho no trabalho na empresa. Ambas as opções são ótimas alternativas para aumentar o rendimento em sua empresa, trabalhando com maior qualidade e desenvolvendo sua equipe.

O que é coaching?

A palavra coaching vem do inglês, indicando uma atividade de formação pessoal que traz a evolução em alguma área da vida. O coaching surgiu como forma de tutoria particular em universidades norte-americanas, e se expandiu além da preparação em escolas para a instrução de atletas, cantores ou atores.

O instrutor (coach) tem como objetivo principal encorajar e motivar o aprendizado do cliente, desenvolvendo seu potencial e trazendo resultados para sua empresa e para seu próprio crescimento. O coaching em empresas desenvolve a autoconfiança, quebra barreiras de limitação e promove o alcance das metas individuais do cliente, permitindo que este possa desenvolver experiências rumo à solução de seus problemas.

O que é mentoring?

Outra palavra inglesa, o mentoring tem como significado o trabalho ao aprendizado, que promove o desenvolvimento da carreira do profissional mais jovem a partir de conversas e debates sobre vários assuntos.

Um mentor é um conselheiro, alguém com maior experiência profissional no mesmo campo de trabalho do cliente, que pode auxiliar no seu desenvolvimento a partir de guias. Os projetos de mentoring nas empresas são usados por departamentos de RH, trabalhando com profissionais mais velhos que possam apoiar e transmitir seus conhecimentos ao substituto mais novo, fazendo com que este possa cumprir as mesmas tarefas que eram de responsabilidade do mais experiente com a mesma eficiência.

Quando buscar pelo coaching?

O coaching deve ser buscado quando o empreendedor notar o desinteresse ou a imaturidade por parte de seus profissionais, que podem estar fadigados do trabalho ou desmotivados quanto ao seu desenvolvimento. Este método consiste no incentivo ao aprendizado, mostrando ao profissional em questão que ele ainda pode desenvolver novas habilidades e tomar a responsabilidade de novas tarefas.

Essa experiência é mais motivacional do que o mentoring, e consiste mais no auxílio ao profissional eficiente que parece desmotivado do que em ensinamentos ao profissional inexperiente. O coaching vai estimular o crescimento, maximizando o potencial pessoal e profissional do cliente.

Quando buscar pelo mentoring?

O mentoring deve ser buscado quando o empreendedor avaliar a necessidade de processos de transposição de conhecimento, desenvolvendo num profissional mais novo as mesmas qualidades e habilidades de um profissional da mesma área que seja mais experiente.

Esse tipo de medida é tomado entre os mesmos cargos, e promove o crescimento de competências que ainda não surgiram no cliente, mas que podem ser desenvolvidas por um exemplo mais experiente da mesma área.

[nome]
[nome]
[email]
[email]
[submit]
[submit]
[submit]
[submit]
[formId]
[formId]
[return]
[return]
[formName]
[formName]